Nova fábrica das Rações COMIGO é a maior do país em produção comercial

A nova planta industrial do setor de Rações COMIGO já entrou em operação. Com uma área de 5 mil m² e investimentos da ordem de R$ 50 milhões, a planta possui capacidade para produzir 120 toneladas por hora de ração para ruminantes – farelada e peletizada. 

Com a nova planta, a capacidade total de fabricação de rações para ruminantes (incluindo a planta já existente) foi triplicada, de 60 toneladas por hora para 180 toneladas por hora. As duas fábricas passam a ocupar uma área conjunta de 8 mil m², com capacidade de armazenar até 5 mil toneladas de ração, tornando essa replica watches a maior planta fabril em área do Centro-Oeste e a maior fábrica comercial em produção do Brasil.

Isso é possível graças à total automação de todos os processos de fabricação, desde o recebimento das matérias-primas, passando pela pesagem, mistura, moagem até o envase do produto acabado. De acordo com o superintendente industrial, Ângelo Thomaz Landim, “este é o primeiro protótipo da COMIGO de uma fábrica 4.0, onde tudo é abastecido automaticamente por operadores a partir de uma sala de controle. Todo o projeto foi idealizado dentro da própria Cooperativa”.

Para o vice-presidente de operações da COMIGO, Aguilar Ferreira Mota, o investimento é importante para ter condições de produzir mais e melhor. “É uma resposta à demanda por nossas rações, reconhecida pela sua alta qualidade, tanto pelo cooperado quanto pelo mercado, já que hoje nós vendemos ração para o Brasil todo. Então este investimento vem para atender à crescente demanda”, afirma.

A planta começou a ser construída no início de 2018 e começou a operar em fase de testes, com o objetivo de capacitar os colaboradores para a utilização dos novos equipamentos. Em outubro a implantação da fábrica estará finalizada e com toda a capacidade de funcionamento.

fake watches